Como Vender Pela Internet Em 5 Etapas: Guia do Iniciante

Índice

4.9/5 - (8 votes)

Como criar uma estratégia de e-commerce vencedora em um momento em que o e-commerce está explodindo? Para diferenciar sua loja dos milhares de novos sites de e-commerce criados todos os dias, você precisará se equipar com uma estratégia de vendas online sólida e sustentável. Mas por onde começar? Como vender pela internet?

Antes de mergulhar no planejamento de sua estratégia de comércio eletrônico, vamos falar rapidamente do mercado de comércio eletrônico.

Covid 19 acelerou o crescimento do e-commerce

Covid 19 acelerou o crescimento do e-commerce

Em 2020, a participação do comércio online no comércio global ainda era bastante moderada (16%). Mas se a falta de confiança nos sites de compras online pode impedir alguns usuários de comprar online, a pandemia do Coronavirus reformulou os hábitos: o comércio online tornou-se praticamente inevitável.

O mundo vive uma fase de profunda transformação dos padrões de consumo. Nesse momento, é importante se atentar que alguns clientes não voltarão mais a uma loja física e continuarão suas experiências online.

A América do Sul ainda está muito atrás de mercados como Ásia e América Latina em termos de crescimento do comércio eletrônico desde 2019 (25% na Ásia, 20% na média mundial, quase 15% na América do Sul).

Mas entre a participação cada vez maior da Amazon e a infinidade de novos sites de vendas, como você pode encontrar seu lugar e ser lucrativo no comércio eletrônico em 2021? Aqui estão as etapas que recomendamos que você execute para criar uma estratégia sólida de comércio eletrônico. Dessa forma é possível começar a vender pela internet.

GUIA DEFINITIVO

DO MARKETING DIGITAL PARA PEQUENAS EMPRESAS

guia marketing pequenas empresas 3d 11 1024x683 2

Neste guia eu compilei as principais ESTRATÉGIAS que sua empresa precisará seguir para desenvolver e implementar um plano de marketing digital que gere resultados sólidos e previsíveis para o seu negócio.

Como Vender Pela Internet Em 5 Etapas:

Neste artigo, vamos apresentar as 5 etapas para criar uma estratégia de comércio eletrônico vencedora, e ensinar passo a passo como vender um produto pela internet:

  • Planeje sua estratégia de vendas online
  • Construa uma forte presença online
  • Atraia clientes por meio de diferentes canais
  • Otimize a conversão
  • Fidelizar o cliente

ETAPA 1: Planeje sua estratégia de comércio eletrônico

Assim como no desenvolvimento de uma estratégia de SEO, a primeira etapa na criação de uma estratégia de marketing de e-commerce é planejar e direcionar seus esforços futuros para onde pagarão mais.

Escolhendo o nicho certo da indústria

Se você ainda não definiu o produto que deseja vender pela internet, uma boa estratégia de comércio eletrônico requer, antes de mais nada, uma boa escolha de setor. Observar as empresas que estão em ascensão vai dar uma primeira ideia dos setores em vias de se estabelecer nos próximos anos.

Por exemplo, espera-se que os setores em que o comércio eletrônico ainda não reina, como atendimento personalizado, alimentação ou estilo de vida, tenham um forte crescimento.

Aqui estão os critérios a serem considerados ao escolher o setor no qual implantar sua estratégia de comércio eletrônico:

Identifique e compreenda o seu alvo

Outro critério a ter em conta antes de começar a vender pela internet é conhecer o seu target e identificar as etapas do seu processo de compra online. Para esta análise, você precisará realizar um estudo de palavras-chave.

Leia tambem  Branding : Como estabelecer sua marca no mercado

A pesquisa de palavras-chave proporcionará uma visão holística de como seus clientes procuram informações na Internet e, mais especificamente, em mecanismos de pesquisa. Essa análise permitirá que você posicione o conteúdo do seu site de comércio eletrônico como uma resposta a essas necessidades e dúvidas. Usando ferramentas como SEMRush ou Planejador de Palavras Chaves do Google, você deve ser capaz de trazer à tona as expressões-chave usadas por seu público-alvo em todo o processo de compra.

Além de um estudo de palavras-chave, você pode usar a ferramenta Sparktoro que permitirá destacar as hashtags e as principais áreas de interesse (redes sociais, blogs, etc.) dos usuários da Internet em torno de uma frase-chave.

ETAPA 2: Construa sua presença online

Com o seu mercado-alvo claramente definido, você precisa começar a construir um ecossistema online que conduza às vendas.

Identifique o que é valioso para o seu público-alvo

Com a proliferação de novos sites e plataformas de vendas, definir uma proposta de valor forte e única é essencial.

O que fará um usuário da Internet comprar seu produto em vez de outro?

Para os nossos especialistas em e-commerce, o primeiro passo é focar no seu consumidor, identificar seus medos e necessidades, a fim de oferecer uma mensagem e uma experiência que forneça as soluções que procuram. Somente dessa forma será possível vender pela internet de forma consistente.

Resumindo, quanto mais você for capaz de oferecer soluções eficazes e visíveis para os principais pontos fracos de seus clientes, mais sucesso terá.

Teste seu produto

Todo mundo consegue criar um site de e-commerce rapidamente. Mas para criar um negócio sustentável, você deve oferecer um produto perfeitamente direcionado. Para isso, nada supera uma boa fase de teste.

Graças a uma pesquisa orgânica nas redes sociais, é possível orientar seu produto de forma a atender com precisão as necessidades do cliente e formular sua proposta de valor com base nas respostas coletadas.

Finalmente, é importante o uso de plataformas menos caras e não lançar diretamente em um site elaborado, mas sim testar ferramentas para ver como o alvo reage, invista tempo em testes antes de começar de fato a vender pela internet.

Escolha as plataformas certas

Existem duas famílias principais de plataformas de comércio eletrônico:

Se deseja ter total liberdade em seu site, é aconselhável utilizar um modelo denominado “open source” montado e otimizado por sua equipe técnica. Se o desejo de personalização for menos forte ou você tiver recursos mais limitados, uma plataforma SaaS como Shopify ou WooCommerce será adequada, especialmente para os serviços de suporte disponíveis (fóruns, centros de ajuda, vários artigos e tutoriais na Web).

E não se esqueça, o seu site de comércio eletrônico não é o único requerimento para vender pela internet, ele precisa de um ecossistema completo para ser visível: páginas locais, análises online, redes sociais, sites de comparação …

Você deve vender na Amazon e / ou em seu site?

De acordo com nossos especialistas em e-commerce, para responder a essa pergunta, você tem que avaliar o tamanho da comunidade e a maturidade de sua marca. No início de um negócio, a Amazon pode ser ótima para construir uma comunidade. Mas quanto mais sua estratégia de marketing de e-commerce crescer, mais o desejo de se tornar independente da Amazon será sentido.

Leia tambem  Loja Online : Guia Passo a Passo de Como Montar Uma

Por exemplo, a categoria de óculos tem pouca penetração na web, o que significa que a Amazon pode gerar nova visibilidade (60% dos produtos estão disponibilizados na Amazon). O que vender pela internet vai afetar essa resposta.

Otimize a estrutura técnica de seu site

Uma boa estratégia de comércio eletrônico para vender pela internet requer que você verifique e otimize regularmente certos aspectos técnicos do seu site. Esses aspectos têm uma influência direta na capacidade do seu site de atrair e converter leads organicamente.

Equipe-se com boas ferramentas de trabalho

Depois que sua arquitetura estiver otimizada para começar a vender pela internet, você também precisará se equipar com ferramentas. Entre essas ferramentas, você encontrará alguns fundamentos como o Google Analytics para analisar o comportamento de seus usuários, ou MailChimp ou Hubspot para monitorar o relacionamento com o cliente e oferecer programas de promoção e fidelidade.

ETAPA 3: Atraia clientes

ETAPA 3 Atraia clientes

Existem vários canais para atrair clientes para seus produtos online. Mídias sociais, publicidade do Google, referências naturais … é tudo uma questão de saber como usá-los juntos e no momento certo.

Se você está na fase de lançamento de sua estratégia de comércio eletrônico para vender pela internet, provavelmente dependerá da publicidade para atrair seus primeiros clientes. Assim que suas campanhas forem lançadas e otimizadas, você pode dedicar um tempo para desenvolver sua referência natural. O SEO permitirá que você, a longo prazo, posicione seus produtos diante dos usuários que os procuram ativamente.

Foco em SEO para desenvolver um canal de aquisição sustentável

O tráfego orgânico continua sendo muito importante para o desenvolvimento de vendas de sites de comércio eletrônico. Hoje, ele representa 40% do tráfego global para um site de comércio eletrônico.

O que é importante saber sobre SEO no comércio eletrônico?

  • “Você tem que trabalhar e antecipar as práticas de SEO.”
  • “Trabalhar em seu SEO permite que você espalhe sua notoriedade para um campo mais amplo. Não há outras maneiras de atrair novos clientes.”
  • “Os resultados de SEO são demorados, mas importantes para a sustentabilidade da marca.”

O comércio social está no centro de sua estratégia

O comércio social está se tornando cada vez mais importante para sites de comércio eletrônico, especialmente na Ásia. Na China, ⅓ dos usuários do WeChat (WhatsApp chinês) realizam suas compras no e-commerce diretamente na plataforma social. Na América do Norte, a participação de sites de comércio eletrônico que usam o comércio social ainda é limitada em comparação com o continente asiático.

Mas com a chegada das lojas do Facebook, que em breve permitirão compras dentro do aplicativo de redes sociais, essa tendência começou a se intensificar tanto nos Estados Unidos quanto no Canadá, com expectativa de chegar a América do Sul em poucos meses.

Começar nas plataformas de e-commerce Instagram e Facebook funciona muito bem pelo suporte no Messenger. A demanda por essa operação de compra é grande, por isso é importante investir nesse canal. As plataformas de comércio eletrônico conectadas às redes sociais permitem uma proximidade significativa com a comunidade.

eBook 3D Isca Digital 1

Você vai descobrir …

→ Dicas matadoras para uma ótima Bio no Instagram;

→ As Melhores Práticas em uma Bio do Instagram;

→ Criando ótimas legendas no Instagram;

→ Práticas recomendadas para legendas no Instagram;

→ Instagram é mais que imagens – faça sua copy brilhar!

Digite seu e-mail abaixo para fazer o download

Valorizamos sua privacidade e nunca lhe enviaremos spam.

Crie apego emocional à sua marca

Hoje, o principal alvo das estratégias de e-commerce é corporificado pelos “Millennials” (pessoas nascidas após 1982 que representam ⅓ do poder de compra). Esse target consome via web e dá atenção especial aos valores da sua marca.

Nossos especialistas em comércio eletrônico aconselham você a promover sua marca por meio de vários critérios, como:

  • Um posicionamento claro e diferenciado
  • Uma sólida estratégia de marketing multicanal
  • Conteúdo de qualidade bem disseminado
  • Posicionamento “responsável” e atuação com forte impacto social

ETAPA 4: Otimize a conversão

A taxa de conversão entre uma compra em uma loja física e uma compra online é muito diferente. Na verdade, 55% dos consumidores que visitam uma loja compram, enquanto apenas 1 a 3% dos usuários da Internet convertem em um site. Essa diferença pode ser explicada, em particular, pela falta de contato humano na web.

Nossa dica para compensar essa diferença é humanizar a apresentação de seus produtos o máximo possível, incluindo, por exemplo, um especialista em consulta no chat de vídeo ao comprar online para ”explicar especificidades dos produtos e responder às dúvidas dos consumidores “,isso fará uma enorme diferença para sua empresa vender pela internet de forma consistente e lucrativa.

ETAPA 5: Reter seus clientes

ETAPA 5 Reter seus clientes

Solicitar que seus clientes mantenham um relacionamento forte ao longo do tempo é uma das chaves para a lucratividade de sua estratégia de comércio eletrônico. Um cliente que está comprometido com sua causa pode ter várias vantagens:

  • Ele pode re-consumir mais facilmente (e, portanto, a um custo menor) do que um novo cliente
  • Ele pode se tornar um embaixador da sua marca

Para uma estratégia de fidelização eficaz, é importante valorizar ao máximo os seus clientes e ficar atento, quer seja contatando-os virtualmente, através de estratégias de email, por exemplo, ou incentivando-os a virem à loja. O objetivo é criar um relacionamento duradouro e de confiança.

Implementar monitoramento preciso de indicadores-chave

Depois que todas essas ações estiverem em vigor, você precisará de dados para avaliar seu desempenho e ajustar sua estratégia de e-commerce. Ferramentas como o Google Data Studio permitirão que você centralize dados importantes em painéis de visualização. Com o controle dos dados, é possível vender pela internet cada vez mais.

Conclusão

O comércio eletrônico é uma indústria em expansão. Ampliado por recentes discussões sociais e de saúde, o comércio eletrônico se tornará gradualmente um canal essencial para muitos setores que querem começar a vender pela internet de forma consistente e lucrativa. Com a expectativa de aumento da concorrência, está se tornando uma prioridade ter uma estratégia de e-commerce abrangente e sustentável. Essas cinco etapas principais devem permitir que você veja mais claramente!

 

Compartilhar o artigo
Facebook
Telegram
Linkdin
WhatsApp